Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

domingo, 20 de dezembro de 2015

JERICOACOARA SEM SINAL DA OI

A interrupção do serviço de telefonia móvel tem causado transtornos para moradores e turistas e, sobretudo, aos comerciantes locais A falta de sinal de celular e falhas no uso das máquinas de cartão de crédito estão atormentando moradores, comerciantes e frequentadores da Praia de Jericoacoara. De acordo com moradores, os problemas começaram quando, há pouco mais de 20 dias, uma equipe que faz a manutenção da antena repetidora de telefonia celular, de cerca de 30 metros, instalada no centro da vila, reduziu pela metade, o equipamento.

A partir daí, segundo eles, o sinal desapareceu por completo. Em alguns casos, chega apenas a cerca de 100 metros dentro da área de abrangência da antena. O transtorno é visível, pois a Praia vive um dos melhores momentos do ano para o turismo, com os preparativos para o Revéillon, quando cerca de 12 mil pessoas são esperadas.

Prejuízos

A pedagoga Laís Cordeiro, que aproveita alguns dias de descanso em Jericoacoara antes da maratona de festejos de Natal e Ano Novo em família, está na vila desde o último dia 11, e também reclama do incômodo gerado pela da falta de sinal de telefonia móvel. Mas a maior chateação da pedagoga foi na hora das compras com cartão de crédito. A máquina de débito e crédito da loja de roupas de banho apresentou baixo sinal, em cerca de 14%, o que impossibilitou a leitura completa dos dados do cartão, impedindo a transação.

Depois de algumas tentativas, o atendente insistiu na venda, e teve que sair da loja para tentar buscar o sinal necessário em espaço aberto, para o pleno funcionamento do aparelho, o que gerou uma certa desconfiança da cliente.

A Vila de Jericoacoara não possui terminal bancário com caixas eletrônicos, e nem todos os visitantes levam dinheiro em espécie em suas viagens, daí o constrangimento que alguns turistas vêm passando.

No Hotel Jeri, um dos mais procurados pelos turistas, a situação é a mesma de muitos outros que oferecem serviço de hospedagem. Ao tentar fechar a conta, alguns hóspedes passaram pelo mesmo problema, da falta de sinal da máquina de cartão.

Outra estrutura turística, que atrai pessoas o ano inteiro com aulas e aluguel de equipamentos para esportes náuticos, tem sentido o prejuízo da falta de sinal de telefonia móvel. Segundo o gerente, foram gastos mais de R$ 5 mil em desconexão de linhas telefônicas fixas, ligadas à central telefônica do estabelecimento, e feita adaptação de novas linhas celulares à mesma central para ligações externas de três operadoras.

"Estamos sem saber a quem recorrer. Já entramos em contato com a operadora e nenhuma resposta nos foi dada. A antena foi diminuída e com ela o sinal em toda a Vila de Jericoacoara, o que acarretou prejuízo para todos", ressaltou o gerente.

A Assessoria de Imprensa da operadora OI informou, por e-mail, que uma falha pontual afetou parcialmente o serviço de telefonia móvel de alguns clientes de Jericoacoara e acrescentou que o serviço já está funcionando normalmente.

Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário