Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

ELEIÇÕES 2016 NO VALE DO ACARAÚ: ELEIÇÃO PROMETE SER ÁRDUA EM ITAREMA

Binu Monteiro Prefeito de Itarema não terá vida fácil
nas eleições de 2016 e pode enfrentar sobrinho
No penúltimo capitulo da reportagem especial do Blog O Acaraú! sobre os principais nomes para a disputa do pleito eleitoral de 2016 nas cidades do Vale do Acaraú, vamos trazer os possíveis nomes para a disputa das eleições 2016 em uma das cidades que abriga um dos maiores parques eólicos do estado.

Itarema, cidade que fica há 23,6 km de distancia de Acaraú, de onde se desmembrou em 5 de fevereiro de 1985, terá uma das eleições mais disputadas da região. Com a recém criada 98ª Zona Eleitoral, a cidade tem como prefeito o empresário Binu Monteiro.

Binu é nome dado como certo na disputa do próxima pleito, e deverá tentar se reeleger e se manter a frente do município. No entanto a missão não será nada fácil, a gestão de Binu passou por algumas polêmicas e perdeu popularidade. Em Agosto de 2014 em uma operação do MP/CE, o Secretário de Educação do município e empresários foram presos por fraude em licitações do transporte escolar.

Na oposição até o momento há três grupos para a disputa eleitoral. Um grupo é o do Deputado Estadual Robério Monteiro, que deverá lançar o nome do irmão Eliseu Monteiro ao paço municipal, de onde foi por duas vezes prefeito antes de chegar na AL/CE. Se consolidada a pré-candidatura, Eliseu sai na frente com o apoio do irmão.

Robério e Eliseu Monteiro são sobrinhos do atual gestor.

Um segundo grupo de oposição liderado pelo ex-prefeito e ex-deputado Dedé Rios, o qual perdeu a disputa em 2012 para o atual prefeito, tem como possível nome para a disputa, o do jovem empresário Bosco Rios, sobrinho de Dedé. 

A oposição ainda conta com um terceiro grupo, que tem três nomes que podem pleitear uma vaga na cadeira do executivo itaremense. Na disputa interna está o vereador Nazion Aguiar, o empresário Alexandre Coelho, e o professor Junior Costa.

O certo mesmo é que muita água ainda passará por debaixo dessa ponte, e alianças entre os grupos podem ocorrer nos próximos meses.

Com Colaboração de Airton Junior

0 comentários:

Postar um comentário