Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

6º Guerreiros Champions Fight foi sucesso em Acaraú

A cidade de Acaraú entrou em festa nesse último sábado, dia 30 de janeiro. O município localizado no litoral cearense e distante 255km de Fortaleza, recebeu a sexta edição do Guerreiros Champions Fight. No cercado, boas lutas levantaram o grande público que lotou as dependências do Ginásio do Colégio Virgem Poderosa.

Na luta principal da noite, Antonio Pedreira quebrou a banca de apostas, ao bater o até então, campeão do evento, favorito e atleta local Andrei Sales. O faixa-marrom da MG entrava com todas as expectativas nele. Campeão peso-leve do torneio, vindo de duas vitórias sobre Junior Melo e Iamik Furtado. Já do outro lado, um Antonio Pedreira campeão do BKF. As apostas estavam em Andrei, e o atleta da GB Orestes entrou no cage para deixar o ginásio boquiaberto.

Precisou de pouco mais de um minuto, para Pedreira acertar Andrei com um duro cruzado, mas o acarauense absorveu bem, só não contava com a rapidez do adversário, que esqueceu da trocação e pulou para as costas. Como um gato, o aluno de Clênio Orestes grampeou e fechou o cadeado, para em seguida enfiar o braço e depois outro, encaixando o mata-leão. Guerreiro, Andrei ainda levantou com Pedreira grudado nas costas, mas a pressão aumentou e o talentoso lutador se viu obrigado a desistir e ainda entregar o cinturão do certame para o novo paladino.

Rivalidade local, Joel Pitbull da CT Brother Top Team encarou Emilio Combat que representou a academia Acarau Fight. No tablado e fora dele o clima esquentou com as torcidas inflamadas. Depois de dois rounds de muita trocação e golpes no chão, Joel deu o bote no pescoço do Emilio e guilhotinou até o oponente batucar. Já na comemoração, um atleta invadiu a área de luta e tentou agredir Joel Pitbull e por pouco o tumulto não virou uma briga generelizada. Depois com tudo calmo, o organizador Aflânio Pereira pediu desculpas pelo ocorrido e o certame seguiu com mais emoções.

Em outro confere muito aguardado, Neumim Destruidor (CT Brother Top Team) bateu de frente com Teodoro Destroi(V8) e variou bem os socos na trocação, se aproveitando da maior envergadura. Porém, o atleta de Itarema aplicou bons chutes e socos principalmente no segundo giro. Já no round final, Neumin quedou e dominou no solo, isso foi o bastante para dois juízes laterais decidirem a vitória a seu favor.

Outro grande destaque da noite foi o faixa-preta Joãozinho Freitas, que precisou de poucos segundos para usar a arte suave e vencer com estilo. Soou o gongo e o especialista em Jiu-Jitsu não perdeu tempo, encurtando a distância e levantando o experiente Anástacio Junior no terceiro andar. No chão, o aluno de Bibi Monteiro não desferiu um soco e logo arrochou o braço do oponente com um justo armlock, encerrando a contenda.

Nos combates do Muay Thai, ênfase para Leon Jr que superou o duro Evandro Massa Bruta, depois de o atleta de 36 anos vender caro a derrota. Sem usar sua maior envergadura, Leon recebeu umas bordoadas no primeiro round, mas se recuperou no assalto seguinte quando investiu nos low kicks que minaram a resistência e a perna do pupilo de Edson Tigrão. No intervalo do segundo para o terceiro tempo, o camocinense decidiu não seguir mais no combate e Leon teve seu braço levantado, sinalizando o grande triunfo. A organização ficou satisfeita com o sucesso dessa edição e já prepara uma nova etapa ainda nesse primeiro semestre.

Texto de Junior Samurai/Site Meia Guarda

0 comentários:

Postar um comentário