Você Repórter!

Você Repórter!

segunda-feira, 21 de março de 2016

PMDB quer e está preparado para assumir o poder com renúncia, morte, ou impeachment da predidente, diz Eunício Oliveira

Líder do PMDB no Senado, o senador Eunício Oliveira afirmou que o partido quer assumir o poder e está preparado para assumir a vaga que pode ser deixada pela presidente Dilma Rousseff, caso o impeachment da chefe do Poder Executivo seja aprovado pelo Congresso Nacional.

"Se não houver a renúncia ou a morte da presidente, temos um impeachment em andamento e vamos aguardar, com muita serenidade esse desenrolar de prazos legais do impeachment. O PMDB quer assumir o poder, e está preparado para assumir o poder, mas dentro das cláusulas que compõem o regime democrático”.

Ao Diário do Nordeste, o parlamentar afirmou que o processo de impedimento é legítimo, mas ressaltou que o PMDB, neste momento, tem que manter calma diante essa possibilidade. “Nós somos o beneficiário direto do ponto de vista político. Portanto, essa questão do impeachment está colocada. O PMDB não ficará em posição contrária a um sentimento da população. Essa é nossa história, essa é nossa essência”, afirmou.

No vídeo, Eunício Oliveira comenta ainda que, no dia 29, odiretório do PMDB se reúne para definir se o partido rompe oficialmente com o Governo Dilma. O senador, que declarou discordar da nomeação do ex­presidente Lula para ministro do Estado, acredita que a "decisão deve representar o sentimento dos brasileiros nas ruas".

0 comentários:

Postar um comentário