Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

domingo, 30 de outubro de 2016

14,5 mil candidatas a vereadora não recebem nenhum voto no país

Quase 15 mil candidatas que se candidataram a vereadora nestas eleições no país não tiveram nem um voto sequer. É o que mostra levantamento da TV Globo em conjunto com a agência de dados Gênero e Número com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). São 14.498 mulheres que se lançaram à disputa e terminaram zeradas na urna, ou seja, não votaram nem em si próprias.

O contingente de mulheres sem voto representa 10% do total de candidatas ao Legislativo. O mesmo não vale para os homens. Apenas 1.704 terminaram zerados, 0,6% do total de postulantes. 

Ao menos 65% de todos os municípios tiveram alguma candidata com voto zerado. O dado reforça a tese de que muitas mulheres são colocadas no páreo apenas para cumprir a cota obrigatória. Esta é a segunda eleição municipal com a vigência da lei 2.034/2009, que estabelece que cada partido ou coligação deve preencher o mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo. 

A proporção de candidatas mulheres subiu de 2008 para 2012 após a lei. Mas se manteve em 2016. E está próxima do mínimo de 30%.

A cidade com o maior número de candidatas a vereador sem voto no país é Maturéia (PB): 92% delas acabaram zeradas. A Paraíba, aliás, é o estado com o maior percentual de candidatas ao cargo sem nenhum voto: 23% do total.

Em Acaraú, 7 candidatas não tiveram nem os próprios votos. 2 tiveram apenas um voto. Em Cruz, nenhuma mulher zerou na votação do último dia 02 de outubro. Uma recebeu um voto, e outra 2 votos. Em Jijoca de Jericoacoara 10 candidatas não obtiveram nem o próprio voto. Em Itarema 2 candidatas obtiveram zero votos. Em Bela Cruz apenas uma candidata não obteve voto, outras quatro apenas um. Em Marco duas candidatas não obtiveram votos, e outras cinco tiraram apenas um voto.

0 comentários:

Postar um comentário