Você Repórter!

Você Repórter!

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Licitação para reforma do Ginásio Poliesportivo de Acaraú não teve empresa interessada

O Ginásio Poliesportivo de Acaraú, uma das principais praças de esportes do Vale Acaraú, foi recebido pelo prefeito Alexandre Gomes (PDT) em 2013 sem condições de uso e com risco de desabamento por falta de manutenção. Por conta desse risco, o mesmo foi interditado pela atual gestão, que foi em busca de recursos para a reforma do mesmo, tendo dificuldades por conta crise econômica.

Já em 2016 o prefeito Alexandre Gomes conseguiu recursos junto ao governo do estado para a reforma do mesmo, tendo os avisos de licitação do tipo menor preço sido publicados em 20 de maio no diário oficial do estado e da união, bem como em jornal de circulação, e a data de abertura dos envelopes sido marcada para junho de 2016.

Em 08 de junho, foi realizada a sessão do processo licitatório para reforma do Ginásio Poliesportivo de Acaraú, porém nenhuma empresa manifestou interesse em participar. Considerada deserta, sem qualquer interessado em participar, uma nova sessão para recebimento de propostas deverá ser remarcada pelo Departamento de Licitações ou poderá ainda contratar diretamente uma empresa.

Os recursos para a obra giram em torno o valor de R$ 201.867,69 foram obtidos junto ao Governo do Estado do Ceará, pela administração municipal, por iniciativa da Secretária de Desporto e Juventude, mediante atuação do deputado estadual Manoel Duca "Duquinha" (PDT).

Licitação Deserta
A Licitação Deserta é aquela que nenhum proponente interessado comparece ou por ausência de interessados na licitação. Neste caso, torna-se dispensável a licitação quando a Administração pode contratar diretamente, desde que demonstre motivadamente existir prejuízo na realização de uma nova licitação e desde que sejam mantidas todas as condições preestabelecidas em edital.

0 comentários:

Postar um comentário