Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

domingo, 20 de novembro de 2016

Por que Jericoacoara é um destino tão desejado?

Está na moda passar as férias em “Jeri”, mas o que o local esconde? Por que virou o point dos amantes da natureza? Jericoacoara é um destino que tem belas paisagens com praias e lagoas, uma gastronomia local rica e ao mesmo tempo em que oferece tranquilidade, também consegue ser bem animada. Há mais ou menos vinte anos atrás, Jericoacoara era uma simples vila de pescadores. Hoje, entre as dez praias mais belas do mundo, consegue manter a simplicidade e boa infraestrutura, atraindo milhares de turistas.

A vila não é asfaltada e nem tem postes de luz. As ruas são iluminadas apenas pelos comércios e casas, por causa das restrições ambientais do Parque Nacional de Jericoacoara. Em 1984 a região tornou-se Área de Proteção Ambiental e em 2002 foi transformada em Parque Nacional, para preservar cerca de 200 quilômetros quadrados. Para chegar até lá são cerca de 300 quilômetros partindo da capital cearense – Fortaleza. O trajeto costuma durar entre cinco e sete horas. A partir do município de Jijoca é preciso seguir mais 20 quilômetros por um trecho de dunas em um veículo 4x4. 

Jeri tem em torno de 320 dias de sol por ano. A temperatura média é de 30˚C, por isso é opção de viagem para qualquer época. Os locais mais visitados são: a Praia de Jeri, a Duna do Pôr do Sol e a Lagoa do Paraíso. Os passeios de buggy, ou quadriciclos, são obrigatórios. Também é possível pescar no mangue, fazer trilhas e conhecer pontos de desova de tartarugas. Atividade é o que não falta, para quem gosta de esporte o lugar também é perfeito, tem surfe, windsurfe, sandboarding, caiaque, kitesurf e stand up paddle — Jericoacoara foi eleita como um dos melhores lugares do mundo para essa modalidade, por causa dos ventos constantes e das águas rasas e cristalinas. 

As opções de bares e restaurantes com comidas típicas nordestinas são diversas, desde o tradicional escondidinho até camarão no abacaxi e outros pratos diferentes, mas sempre com os temperos regionais. Além disso, devido à grande presença de turistas já há opções de culinária internacional. É possível se hospedar tanto em pousadas rústicas quanto em hotéis luxuosos, depende de quanto você está disposto a gastar. Qualquer opção te deixará bem localizado e perto de tudo, já que a vila não é muito grande. Durante a noite a bela paisagem é o céu estrelado e o lazer fica por conta do forró, ritmo típico, tocado em todos os lugares por lá.

Via WebVentura

0 comentários:

Postar um comentário