11Bets+

Papelix

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Operação do GAECO resulta em prisões por fraude no transporte escolar de Itarema

Uma operação deflagrada na manhã deste sábado, 01, pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), e pela Polícia Civil do Ceará cumpriu dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão em um escritório de advocacia e na residência de seus titulares. A ação faz parte da operação Carroça, que investiga fraudes de licitação, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa envolvendo os serviços de transporte escolar no município de Itarema, nos anos de 2013 a 2015.

De acordo com o coordenador do GAECO, o promotor de Justiça Manoel Epaminondas, os presos já são réus em ação penal promovida pelo Ministério Público perante o juízo de Itarema, onde são imputados os crimes de organização criminosa, dispensa ilegal de procedimento licitatório, fraude à licitação, peculato e lavagem de dinheiro.

As investigações revelaram uma trama montada para forjar versões a serem apresentadas ao Ministério Público, e posteriormente à Justiça, cujo objetivo era ocultar a identificação e a participação de integrantes da organização criminosa montada para desviar verbas do transporte escolar em Itarema, configurando também o crime de embaraço à investigação de crimes praticados por organização criminosa.

Assessoria de Imprensa
Ministério Público do Estado do Ceará

0 comentários:

Postar um comentário