Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Enquete do Blog

Enquete do Blog

COMO VOCÊ AVALIA A SEGURANÇA DE ACARAÚ HOJE?

Plasfran

Você Repórter!

Você Repórter!

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Jonas Muniz usará sua força política para manter a Comarca de Cruz

Jonas Muniz, Zezinho Albuquerque e Duquinha
O Pleno do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), aprovou a desativação de 34 comarcas do Ceará que deverão ser “anexadas” a outras de cidades maiores, concentrando a prestação jurisdicional nas comarcas sede e desativando os fóruns das comarcas vinculadas. Essas são as principais mudanças do Plano de Reestruturação do Poder Judiciário do Ceará votado na última segunda-feira, 03, com votação unânime, e que foi encaminhado para apreciação do Poder Legislativo e, se aprovado, para a sanção do Governador do Ceará, Camilo Santana.

Com essa medida, a Comarca de Cruz passaria a integrar a jurisdição da Comarca de Acaraú, com a transferência da unidade judiciária, resultando na criação da 2ª Vara em Acaraú, observando como parâmetro a distância de até 10 km entre as sedes das Comarcas, bem como o fato de que a Comarca de Cruz registrou demanda anual abaixo da média. A transformação asseguraria que a Comarca de Acaraú, com mais de 60.000 habitantes, passasse a contar com duas unidades.

No entanto, o prefeito de Cruz já tem comunicado aos seus correligionários, bem como tranquilizado a população, que com a chegada do projeto na Assembleia Legislativa, usará sua força política e acionará os deputados Zezinho Albuquerque, presidente da casa, e Manoel Duca "Duquinha", 2º vice presidente, votados em Cruz com apoio de Jonas Muniz, para que intercedam no que pode significar em uma grande perda para o povo cruzense.

O projeto do TJCE ainda não tem data para ser votado pelos deputados, e ainda será discutido em audiência pública, no entanto, a Comarca de Cruz é forte candidata a não entrar no Plano de Reestruturação do Poder Judiciário Cearense.

0 comentários:

Postar um comentário