Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Lula cita Camilo e governadores petistas como alternativas à sua candidatura em 2018

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva colocou nesta quinta-feira, 20, três governadores petistas à frente de grandes Estados e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad como possíveis candidatos petistas à Presidência no ano que vem caso ele esteja impedido de disputar a eleição. 

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão e recorrerá da sentença à segunda instância em liberdade. Caso o Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4) confirme a condenação, ele ficará impedido de se candidatar ao Palácio do Planalto no ano que vem. 

"O PT tem governadores em três Estados importantes", disse Lula em entrevista ao canal de internet Ultrajano, comandado pelo jornalista José Trajano. Atualmente o PT governo três grandes Estados, Ceará, com Camilo Santana, Minas Gerais, com Fernando Pimentel, e Bahia, com Rui Costa. 

"O governador de um Estado importante tem um cacife para ser candidato", acrescentou o ex-presidente que também citou nominalmente Haddad, que foi ministro da Educação durante os governos petista, como possível alternativa ao Planalto, caso ele não possa se candidatar.

Camilo Santana disse na noite desta quinta-feira, 20, no Theatro José de Alencar, que está atento aos problemas nacionais, mas que o seu foco é o Ceará. O governador cearense já havia defendido o nome do aliado, ex-governador Ciro Gomes (PDT), para a disputa presidencial, com Fernando Haddad na condição de vice.

0 comentários:

Postar um comentário