Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

ÁREA PASTORAL DE CAIÇARA SERÁ ELEVADA À CATEGORIA DE PARÓQUIA

Por Janailson Silveira

Um sonho antigo esta prestes a ser concretizado. Esse sonho trata da ereção à categoria de Paróquia da Área Pastoral de São Francisco de Caiçara, em Cruz. Em Agosto de 2016, o projeto da nova paróquia foi colocado para apreciação do Conselho Presbiteral da Diocese de Sobral e do Bispo Diocesano, Dom José Luiz Gomes de Vasconcelos, obtendo ainda no ano passado o SIM para elevação da área.

Transcorrido todo este período, a atual Área Pastoral já tem data marcada para Celebração Eucarística que marcará a elevação desta importante e centenária comunidade religiosa. A Solenidade está marcada para o dia 12 de novembro, às 18hs, na Igreja Matriz de São Francisco de Caiçara e contará com a presença de Dom Vasconcelos, vários padres da região, paroquianos, além de diversos fieis que deverão comparecer a liturgia. A referida Area Pastoral, já pertenceu a 3 paróquias, inicialmente Acaraú, seguida por Cruz e Jijoca.

Para Geovana Oliveira ‘’Este é um sonho que vem sendo acalentado há muito tempo pelo povo da comunidade e que finalmente se tornará realidade’’. Ressalta ainda que ‘’O povo está muito feliz por este feito’’.

IMPORTANTE RELEMBRAR

Na década de cinqüenta, do Século passado, no ano de 1958, para sermos mais exatos, Caiçara fez uma grande mobilização com o objetivo da criação de sua Paróquia, mas, por questão de conveniência pastoral acabou sendo instalada no então Distrito de São Francisco da Cruz, atual cidade de Cruz. Isso causou grande frustração em toda comunidade.

DA CRIAÇÃO DA ÁREA PASTORAL

A Área Pastoral de São Francisco de Caiçara foi criada em 16 de julho de 2009 pelo decreto 013/2009 pelo então bispo diocesano Dom Antonio Fernando Saburido, OSB e erigida no dia 09 de agosto de 2009 com a posse de seu primeiro administrador pastoral Pe. Mailson Costa Souza, seu sucessor foi Pe. José Marcone Martins e atualmente Pe. Gilson Paiva.

IGREJA MATRIZ

A Igreja de São Francisco, da Vila de Caiçara, foi construída em 1880. A primeira Igreja foi construída com taipa e forquilha amarradas de cipó e coberta com telhas que foram transportadas de uma comunidade vizinha chamada Lagoa dos Monteiros a Caiçara, pelos próprios moradores que trouxeram nos braços, devido a dificuldade com transporte na época.

O primeiro celebrante da recém Igreja foi o padre José Arteiro Feijão, que vinha de Sobral a Caiçara a cavalo. A primeira reforma aconteceu em 1914 quando recebeu uma nova estrutura, agora de tijolos, quando concluída foi inaugurada em 15 de novembro de 1914. A segunda reforma foi realizada em 1994, quando a Igreja também foi ampliada e recebeu piso de cerâmica e teve a sua frete mudada para o lado do Nascente.

Este trabalho foi realizado na administração do então Pároco Raimundo Ribeiro e contou com uma ajuda monetária da Igreja da Alemanha. Uma terceira reforma está em curso, nesta tendo em vista a ampliação da Matriz, a antiga Capela foi totalmente demolida e está sendo reconstruída com uma nova estrutura. Foi iniciada na Administração do Pe. Marcone Martins e continuada pelo atual Administrador Pastoral. Inicialmente, a Capela de São Francisco, pertenceu à Paróquia de Acaraú e era assistida pelo Mons. Sabino.

Em 1958, com a Ereção da Paróquia de Cruz, passou a pertencer à Nova Paróquia, sendo assistida por Monsenhor Edson Magalhães e, posteriormente, por Cônego Manoel Valdery da Rocha que permaneceu até a criação da Paróquia de Santa Luzia, em Jijoca de Jericoacoara, em 1987. 

A Comunidade de Caiçara sempre cultuou uma religiosidade muito forte. A fé de seu povo justifica porque Caiçara celebra a Festa de São Francisco como sendo uma das maiores festa religiosa da região, quando recebe devotos das mais longínquas cidades. Seus filhos ausentes sempre aproveitam a ocasião dos festejos para visitarem a sua terra natal, amigos e familiares. Este costume já virou tradição. Chegam ônibus de todas as localidades trazendo os devotos de São Francisco. A Tradicional Festa da Vila de Caiçara é celebrada no mês de setembro.

MARCO RELIGIOSO E HISTÓRICO

Existe em Caiçara um marco religioso muito significativo não só para Caiçara mais para toda região Vale do Acaraú, se trata do chamado “Santo Cruzeiro”. "Santo Cruzeiro", como é chamado por todos, é uma cruz de madeira que mede mais ou menos uns 8 metros de altura. Foi construído em 1939, para marcar as Santas Missões Populares, realizadas em Caiçara por um grupo de padres franciscanos, descatando-se entre eles, Pe. Pedro, que até hoje é lembrado com muito amor pelos mais velhos da comunidade. Por muito tempo o local também foi utilizado para sepultar as crianças que não receberam o sacramento do batismo.

A nossa equipe de reportagem procurou o Administrador Pastoral da Aérea, para nos dar maiores informações e esclarecimentos sobre todo o rito e, qual será o novo limite territorial da Paróquia, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos retorno.

Janailson Silveira para o O Acaraú!

0 comentários:

Postar um comentário