Você Repórter!

Você Repórter!

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Políticos parecem não ter aprendido com o caso dos vereadores de Itarema

Após repercussão de nível nacional, da prisão de 9 (nove) vereadores de Itarema, por conta da "Operação Fantasma", que investiga um esquema montado para desviar recursos públicos por meio de contratações de servidores fantasmas, parece que muitos prefeitos e presidentes de câmaras não se intimidaram e fazem essa prática Ceará e Brasil a fora.

Nas pequenas cidades do interior, onde todos praticamente se conhecem, é só dar uma olhadinha no site do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios), que não é difícil encontrar um nome de "servidores" que não da expediente, por não ir ao local de trabalho mesmo morando na cidade, ou por morar em outras cidades e até em outros estados.

Há moradores em cidades que dizem que se todos os funcionários da câmara for dar expediente, ninguém trabalha, pois a mesma ficaria extremamente lotada.


0 comentários:

Postar um comentário