11Bets+

Volta às Aulas Papelix

Papelix

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

DENÚNCIA: Crime Ambiental está sendo praticado na Praia de Arpoeiras

Uma equipe do Laboratório Ecomangue, formada por alunos do Curso de Ciências Biológicas do Instituto Federal do Ceará - IFCE Campus Acaraú, flagraram nesta quarta-feira, 20, um crime ambiental sendo praticado na Praia de Arpoeiras, no manguezal próximo ao salgado.

A equipe do Laboratório Ecomangue estava em campo, no manguezal da Praia de Arpoeiras, realizando um trabalho de pesquisa quando deparou-se com uma caçamba descarregando areia dentro da área de apicum do manguezal da Praia de Arpoeiras para a construção de uma barraca.

Os apicuns são ecossistemas costeiros caracterizados por área plana com elevada salinidade, desprovidos de vegetação, localizados geralmente entre manguezal e encosta, na região de supra-maré. Estão, por definição, sempre associados a manguezais em diferentes regiões do mundo. O local é considerado um berçário para espécies que vão até o manguezal para se reproduzirem e se alimentar, se o ecossistema for impactado da forma que está sendo, muitas especies poderão ser extintas causando desequilibro ecológico.

Integrantes do Ecomangue tentou intervir conversando com os responsáveis, alertando-os que o manguezal trata-se de uma Área de Proteção Ambiental protegida por lei e que as ações ali provocadas podem acarretar problemas tanto ambientais quanto jurídicos, no entanto, alegaram que que eles estavam fazendo apenas o que outros já tinham feito antes, e que a partir do momento que instalassem seu empreendimento no local não haveria mais impacto, pois os mesmos não permitiriam.

No local não havia placa de liberação dos órgãos competentes como Secretária do Meio Ambiente do Município e Semace (Secretária do Meio Ambiente do Estado do Ceará) para o empreendimento. Para os integrantes do Ecomangue, "é perceptível que se não houver uma intervenção por parte das "autoridades competentes", vai haver a destruição total da área de manguezal de Arpoeiras, e o Ecomangue não vai ficar de braços cruzados diante da destruição desse ecossistema que possui uma imensa importância ecológica e, também, econômica​. Essa causa é de interesse para todos."

2 comentários:

  1. Isso tem que acabar! Parabéns a equipe pela denúncia. Aguardamos as autoridades se manifestarem a respeito do ocorrido. E gostaria de parabenizar o pessoal do Oacarau.com pelo trabalho social prestado.

    ResponderExcluir
  2. Corrupção existe em quase toda secretaria deste município. Pode investigar q esse alguém é amigo de certo alguém q sem dúvida, fecha os olhos para esse tipo atitude.
    Mas d antemão, parabéns aos alunos por ter denunciado e por este jornal, expor ao público atos como esses.

    ResponderExcluir