Você Repórter!

Você Repórter!

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Repercute na mídia estadual Mamógrafo encontrado na caixa e sem uso em Acaraú

A cidade de Acaraú mais uma vez foi destaque nos principais meios de comunicação do estado, não por suas belezas, mas após o Ministério Público do Estado do Ceará, e o Ministério Público de Contas do Tribunal de Contas do Estado (TCE) descobrir que no município havia um aparelho de mamografia, sem uso e ainda na caixa. O assunto foi destaque na grande mídia cearense.

Na operação batizada de Outubro Rosa, foi descoberto que o mamógrafo adquirido em 2010 com recursos do Governo do Estado, a custo na época de R$ 250 mil, sendo que no mesmo ano, o Governo do Estado adquiriu um aparelho do mesmo modelo para a Policlínica do município por R$ 159,9 mil, pode ter sido superfaturado.

De 2010 pra cá, todos os anos os governos de Acaraú realizaram campanhas e mais campanhas para conscientizar as mulheres a fazerem o exame das mamas, no entanto, os mesmos não se conscientizaram em colocar para funcionar um mamógrafo que poderia facilitar, diminuindo a fila de espera e aumentando o número de mulheres atendidas.

Após a repercussão do caso, a população se socorre ao Ministério Público para investigar se houve mesmo superfaturamento na compra, punindo os responsáveis, bem como investigar o porque de não colocar o equipamento para funcionar, e se há outros interesses para não o colocar para funcionar durante todos esses anos.

0 comentários:

Postar um comentário