Você Repórter!

Você Repórter!

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Pedim do Cleto fala sobre o caso do mamógrafo inutilizado desde a sua gestão em entrevista na rádio Acaraú FM

Pedro Fonteles "Pedim do Cleto"
Ex-prefeito de Acaraú 2009/2012
O ex-prefeito de Acaraú, Pedro Fonteles dos Santos, popular "Pedim do Cleto", se manifestou na tarde desta terça-feira, 31/10, durante o programa Central de Notícias da Rádio Acaraú FM, sobre a Operação Outubro Rosa, desencadeada na última sexta-feira, 27/10, pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Acaraú, e pelo Ministério Público de Contas (MPC) do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE), que identificou um mamógrafo de R$ 250 mil sem utilização desde o ano de 2010 no município de Acaraú.

Pedro Fonteles que era prefeito do município em 2010, disse que o destino do aparelho era para uso do hospital, poque tinha esperança do mesmo funcionar, mas como estava demorando, disse que chegou a sugerir que o seu secretario de saúde da época colocasse o mamógrafo para funcionar no SESP de Acaraú, mais teria sido informado pelo mesmo de que não era viável por conta do alto custo.

O ex-gestor também relata que o equipamento foi adquirido com verba de emenda parlamentar do Deputado Flávio Bezerra, e no final da sua gestão, o mamógrafo foi apresentado no processo de transição de governo. Sobre a suspeita de superfaturamento, disse que na sua gestão não era ele o responsável por licitações, por que havia pessoas com a devida competência para executar esse procedimento, mas afirma que não houve superfaturamento na compra do equipamento e os documentos que possui comprovam isso.


0 comentários:

Postar um comentário