Promoção Féria com Leitura da Papelix

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Capitão Wagner sai do PR e se filia a ex-partido de Ciro e Cid

O deputado estadual Capitão Wagner está de saída do Partido da República (PR) com destino ao Partido Republicano da Ordem Social (Pros). A mudança deve ser anunciada oficialmente quinta-feira, 25. Em entrevista, ele revelou que a intenção é aumentar a autonomia no grupo e consolidar mais um partido na oposição.

Segundo ele, muitas siglas o sondaram sobre a possibilidade de mudança. Contudo, o Pros foi a legenda que mais atendeu aos interesses do parlamentar. “Entre os fatores, temos necessidade de estar em uma sigla onde possamos imprimir o nosso ritmo, atraindo pessoas que queiram compor conosco. E tem a importância de trazer mais um partido para o bloco da oposição”, explicou.

A nova legenda do parlamentar foi a sexta e última dos seus principais adversários políticos, Cid e Ciro Gomes, antes de eles irem para o Partido Democrático Trabalhista (PDT). À época, um dos principais motivos apontados para a saída da dupla junto a aliados foi a necessidade do grupo cearense ir para um partido mais forte, já pensando no projeto político de Ciro em busca de vaga no Palácio do Planalto nas eleições deste ano.

Segundo Wagner, a estratégia na nova sigla é formar uma chapa para eleger pelo menos três deputados estaduais e três federais, incluindo ele. A chegada de um dos principais opositores dos Ferreira Gomes muda novamente o direcionamento político do Pros, que já foi situação no Estado, à época de Cid e Ciro, e engrossou a voz da oposição com a saída dos irmãos. “Não há qualquer possibilidade de ficarmos em cima do muro, não há história de independente, somos oposição de fato ao grupo que está governando o Estado”, ressaltou Wagner.

Blog O Acaraú com informações do O Povo

0 comentários:

Postar um comentário