Promoção Féria com Leitura da Papelix

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Moradores de Córrego Novo em Acaraú vão a Câmara Municipal pedir água

Foto: Facebook Capela Santo Antônio
Representantes da comunidade de Córrego Novo, estiveram na última sessão da Câmara Municipal de Acaraú, e relataram a falta de água na comunidade. As representantes disseram que a comunidade é formada por 64 famílias, em um total de 226 pessoas, e as famílias não estão, segundo as representantes da comunidade, sendo assistidas pelo abastecimento de água que é promovido por um programa, e que atualmente, pessoas percorrem cerca de de 2 km para pegar água para o uso, e que o único chafariz da comunidade não está funcionando, e que em 2013 parte da comunidade foi contemplado pelo programa água para todos, no entanto o programa não contemplou todas as casas.

Foi relatado ainda que um novo poço foi aberto na comunidade que frequentemente dá problemas, no entanto há muitos problemas, segundo as  representantes o poço abastece poucas famílias e a grande maioria não consegue o abastecimento. Com as cacimbas cecas e as águas não potáveis, a comunidade oficiou ao gabinete do prefeito e a secretaria de infraestrutura e não tiveram retorno. Após encaminharam um abaixo assinado, tendo recebido de resposta que uma pessoa iria realizar uma vistoria, a qual ainda não foi concluída. As representantes pediram aos vereadores que ajudassem a comunidade que chega a ir a outras comunidades vizinhas para pegar água.

As representantes de Córrego Novo relataram que não há água para beber, e nem os moradores tem condições de comprar água, e que chega a ser desumano moradores andarem quilômetros para carregar água, mães que pedem com constrangimento água para banhar seus filhos para irem a escola, idosos que carregam água se esforçando no calor. Foi entregue aos vereadores uma cópia do abaixo assinado com fotos da situação da água e dos moradores da comunidade. A comunidade além de se sentir com falta de direito, também se sentem sem dignidade, disse a representante, a professora Gisele.

0 comentários:

Postar um comentário