Promoção Féria com Leitura da Papelix

terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Acaraú, Cruz, Itarema e mais 50 municípios do Ceará dão reajuste de pelo menos 4,17% aos professores

Chegou a 53 o número de municípios cearenses que já reajustaram o salário dos professores neste ano. Em Acaraú, Cruz, Itarema e mais 47 desses municípios a reposição salarial se igualou ao índice de 4,17% estipulado pelo Ministério da Educação. O levantamento foi realizado pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).

O reajuste superou o índice do Ministério em três cidades. Os professores de Crateús alcançaram 6,17% de aumento, Sobral conseguiu 6% e Cariré chegou a 4,5%. Segundo a Fetamce, em algumas cidades o reajuste será parcelado, mas com efeito retroativo aos 12 meses de 2018. Há também os casos, como em Crateús, em que o aumento será escalonado, onde os profissionais receberão 4,17% retroativo a janeiro e mais 2% a partir de dezembro de 2019, totalizando 6,17%. 

Em alguns municípios, no entanto, o reajuste não foi favorável para os educadores. Em Caucaia, de acordo com a Fetamce, a prefeitura informou que não irá conceder aumento aos professores este ano. A assessoria de comunicação confirmou que não haverá reajuste por conta do orçamento da Prefeitura de Caucaia. O reajuste estipulado pelo Ministério da Educação ultrapassaria o teto de gastos do município.

Confira o reajuste em cada município: Crateús: 6,17%;  Sobral: 6% e  Cariré: 4,50%. Municípios com reajuste de 4,17%: Acarape, Acaraú, Acopiara, Aiuaba, Antônia do Norte, Aquiraz, Barbalha, Barreira, Baturité, Brejo Santo, Campos Sales, Capistrano, Caririaçu, Catunda,Choró, Chorozinho, Cruz, Fortaleza, Frecheirinha, Graça, Guaiúba, Hidrolândia, Horizonte, Iguatu, Ipaumirim, Ipueiras, Itarema, Jati, Jucás, Madalena, Maranguape, Massapê, Milagres, Miraíma, Mombaça, Monsenhor Tabosa,Morada Nova, Orós, Pacujá, Pentecoste, Piquet Carneiro,Poranga, Saboeiro, Senador Pompeu, Tamboril, Tejuçuoca, Trairi, Ubajara, Varjota e Várzea Alegre.

O Acaraú com Informações do O Povo

1 comentários: