Promoção Féria com Leitura da Papelix

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Cachimbão entra com Queixa Crime contra contador da prefeitura de Bela Cruz por calúnia

O Prefeito de Bela Cruz, eleito no último pleito de 2016, Eliesio Rocha Adriano, conhecido popularmente como Cachimbão, apresentou uma Queixa Crime, a qual foi protocolada no último dia 14/02, no Fórum da Comarca de Bela Cruz, contra o contador do Município de Bela Cruz, Sr. Cláudio Fernandes Freitas, que segundo a Queixa Crime, ele teria dado informações mentirosas ao poder judiciário, o que teria causado o segundo afastamento de Cachimbão da Prefeitura de Bela Cruz, em setembro de 2018.

O contador representante da GL Contabilidade teria noticiado a Procap, que o prefeito ao assumir após seu primeiro afastamento, iria substitui-lo, sendo que o contrato estaria em plena vigência. Após a nota, foi ajuizada nova ação contra Cachimbão, no que culminou em seu segundo afastamento. Ocorre que Cachimbão contesta que a nota do contador a Procap é tendenciosa, falsa e criminosa. Cachimbão contesta ainda que tinha a intensão de reduzir os valores que estavam sendo pagos a assessória contábil.

Na Queixa Crime, Cachimbão diz que no inicio de sua gestão, a empresa vencedora para prestar o serviço de contabilidade a prefeitura venceu a licitação com o valor de R$ 275 mil, e que após ser afastado, em 2018 a empresa GL Contabilidade venceu o certame com o valor de R$ 533 mil. O aumento no valor do contrato para assessoria contábil seriam as razões pelas quais Cachimbão desejava por fim ao contrato com a GL Contabilidade, de propriedade de Claudio Fernandes Freitas.

Cachimbão requereu que o juiz recebesse a Queixa Crime, bem como enviasse cópia ao Ministério Público para providências que entender cabível.

Veja AQUI a Queixa Crime na integra.

0 comentários:

Postar um comentário