Promoção Féria com Leitura da Papelix

terça-feira, 30 de abril de 2019

Rede elétrica em Jericoacoara é criticada por empresários e moradores

De acordo com comerciantes, a falta de luz, que sempre caracterizou períodos de grande ocupação turística como o Réveillon, tem se tornado costumeira. Proprietário de um restaurante localizado na rua principal da vila, Sérgio Batista denuncia que o fornecimento sofre queda várias vezes por semana. "O pessoal que está há mais tempo que eu aqui na praia diz que essas quedas não são novidade, mas que agora está muito recorrente".

A instabilidade atrapalha a rotina de trabalho de Leonardo Parente, empresário que possui dois supermercados em Jericoacoara. Ele conta que está acumulando prejuízos relacionados à manutenção do maquinário e à conservação dos alimentos que vende nos empreendimentos. "Nos últimos dois meses, só de gastos por conta da queda de energia foram R$ 40 mil em equipamentos. Isso sem contar as mercadorias, que deve ter sido um prejuízo ainda maior".

De acordo com Socorro Pontes, engenheira responsável pelo desenvolvimento de redes da Enel, a companhia está ampliando e modernizando a rede elétrica que foi implantada em Jericoacoara há 20 anos. "A construção da nova rede não afeta diretamente o cliente. Mas algumas intervenções, à medida que modificam o equipamento, necessitam de um desligamento de energia, o que afeta todos os clientes, pois é necessário entrar em vigor com uma nova carga. É um procedimento normal".

Os trabalhos começaram com a troca de transformadores de energia: "aumentamos a potência para melhorar a qualidade". Ela avalia que é complicado afirmar precisamente quais são os fatores que estão contribuindo para a impermanência elétrica, uma vez que o período chuvoso também contribui com a oscilação de energia. "Há uma tendência a alagamentos, e isso afeta as instalações elétricas, sejam novas ou antigas".

Segundo Socorro, a nova rede elétrica "é mais robusta e com capacidade de suportar a demanda para mais 20 anos". A previsão de finalização dos trabalhos é julho deste ano. O investimento da Enel na obra está em torno de R$ 31 milhões.

Blog O Acaraú
com informações do O Povo

0 comentários:

Postar um comentário