Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Você Repórter!

Você Repórter!

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Levante Popular da Juventude promove manifestação contra deputado Moses Rodrigues

Jovem sobralenses que integram o Levante Popular da Juventude, um movimento social/popular de jovens, que surgiu em 2006 no Rio Grande do Sul, e se nacionalizou em 2012, fez um ‘escracho’ contra o deputado federal Moses Rodrigues na noite desta quinta-feira, 5 de abril, em frente a sede da Faculdade INTA, pertencente a família do parlamentar. Através de email enviado ao Blog Sobral em Revista e na página do LPJ no Facebook (AQUI), eles explicam a motivação da ação. 

“O Levante Popular da Juventude (Sobral) hoje, 05 de maio de 2016, mandou seu recado ao Moses Rodrigues dizendo que não aceita golpe e omissão frentes aos problemas do nosso país. 

O Deputado e sua família são proprietários da maior faculdade particular da região norte do estado, ele atua no parlamento para efetuar como lei as cobranças de taxas nos cursos de pós-graduação lato sensu, logo traz consigo elementos que buscam a privatização do ensino superior. 

Em sua campanha eleitoral foi eleito pelo PPS, enquanto deputado federal desse partido se mostrou inimigo da juventude tendo, por exemplo, votado a favor da redução da maioridade penal, conseqüentemente, pela prisão da nossa juventude, em especial preta, pobre e da periferia. 

Em sua caminhada como parlamentar mudou para o PMDB de Eduardo Cunha e Michel Temer, onde afirmou votar pelo golpe em nome da cidade de Sobral, mas, o mesmo não teceu nenhuma crítica ao gangester Eduardo Cunha e ao conspirador Michel Temer, afinal estão no mesmo barco agora. 

Compreendemos que o deputado em questão representa apenas seus interesses e não da população. Não aceitamos Moses Rodrigues como suposto porta-voz de nossa cidade, e não aceitamos golpismo!”.

SAIBA MAIS

Os escrachos são manifestações que tem como um dos princípios a realização relâmpago, em curto espaço, onde podemos ter diferentes tipos de intervenções ao mesmo tempo mas de forma sincronizada e direcionada. Essa forma de ação é característica dos movimentos sociais na América do Latina.

Fonte: Sobral Em Revista

0 comentários:

Postar um comentário