Papelix

ANUNCIE NO BLOG O ACARAÚ

Pesquisar no blog

Plasfran

Você Repórter!

Você Repórter!

terça-feira, 4 de abril de 2017

Em Cruz, petistas defendem nome de Adauto Mendes para assumir presidência do partido

Com a participação dos deputados Moisés Braz (PT), Guimarães (PT) e do Secretário de Desenvolvimento Agrário do Ceará, Dedé Teixeira (PT), o Campo Democrático do Partido dos Trabalhadores no Ceará realizou na noite deste sábado, 1º de abril, uma plenária no município de Cruz, Litoral Oeste do Estado. Em pauta, a organização da sigla para o Processo de Eleição Direta (PED), que irá renovar as direções municipais e escolher os delegados estaduais para o 6º Congresso Nacional do partido.

Na ocasião, o deputado Moisés Braz situou o processo de eleição interna do PT com vista ao fortalecimento da luta contra os retrocessos perpetrados pelo governo golpista de Michel Temer. “Durante o impeachment, nós dizíamos que o Brasil estava sofrendo um golpe em sua democracia e muitas pessoas não acreditaram. Pois aí está o resultado: Temer e seus defensores estão tentando acabar definitivamente com os direitos da classe trabalhadora. Já limitaram os investimentos em Saúde, Educação e Assistência Social em 20 anos, aprovaram a sancionaram a Terceirização irrestrita e agora tentam enfiar goela abaixo as reformas Trabalhista e Previdenciária. Eis o verdadeiro golpe”, afirmou o parlamentar, ao listar os direitos que serão retirados caso o governo obtenha sucesso “em um Congresso cuja grande parte é de parlamentares envolvidos em corrupção”.

A plenária também reforça o nome do ex-prefeito Adauto Mendes para assumir o comando do PT de Cruz, cujo nome foi defendido pelos presentes. Além dos parlamentares, participaram da plenária o presidente atual do PT de Cruz, Chagas Vasconcelos, os vereadores Chico Sousa, Albani Nascimento e Geraldo dos Santos, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Straaf), Valmar Menezes e a ex-vereadora Jaqueline Sousa.

Sobre o PED

No dia 9 de abril, 1,6 milhão de petistas em todo o Brasil poderão participar do Processo de Eleições Diretas (PED) municipais do PT, que dá início à fase decisiva do 6º Congresso Nacional Marisa Letícia Lula da Silva

Trata-se de um processo importante de renovação partidária que vai acontecer em 4.109 municípios. Nada menos do que 62.748 filiados se apresentaram para concorrer às direções do PT para os próximos dois anos. Os petistas devem comparecer aos diretórios municipais no dia 9 de abril, um domingo, e fazer a votação em três fases: para a chapa de delegados estaduais, presidente municipal e chapa do diretório municipal. No caso de algumas capitais, há ainda o voto para os diretórios zonais. 

Com informações de www.pt.org.br

0 comentários:

Postar um comentário